Atenção

Fechar

Biblioteca

Aços & Ligas | Aços e Ferros Fundidos | Aços para Ferramentas e Matrizes

01 - Introdução

As ferramentas utilizadas na indústria em geral e, particularmente, na indústria mecânica, são um acessório imprescindível na usinagem e conformação de peças metálicas ou não, fabricadas pelos processos tradicionais de produção. Essas ferramentas devem apresentar requisitos que possibilitem realizar as operações a que foram destinadas com precisão e a um custo relativamente baixo. Em conseqüência, não basta escolher o melhor material para confeccioná-las em função do  trabalho exigido, mas igualmente projetá-las adequadamente e escolher as máquinas operatrizes que apresentam as melhores condições de rigidez, velocidade de corte e outros requisitos importantes.

 

Os aços são os materiais mais importantes de ferramentas, embora outros materiais, como por exemplo o metal duro, esteja sendo empregados de modo crescente. Neste capítulo, a ênfase será dada à descrição dos vários tipos de aços disponíveis para essas aplicações.

 

É notório que o ferro e o aço foram os primeiros materiais utilizados por um ser humano na forma de ferramenta e a arte de endurecer o aço pelo seu aquecimento a elevadas temperaturas e subseqüente resfriamento em água é tão antiga, que a data de descoberta por acaso desse processo de endurecimento não pode ser apontada com absoluta precisão.

 

É certo, por outro lado, que somente a partir do início do século XX, a utilização de ferramenta de aço se generalizou e começou a adquirir a importância que apresenta na presente época, graças a estudos e pesquisas no campo da técnica de sua fabricação, assim como no constante desenvolvimento de novos tipos de aços, mediante a incorporação de novos elementos de liga, para aplicações de responsabilidade cada vez maior.

 

Esses aços são, possivelmente, os que exigem maiores cuidados e tanto sob o ponto de vista de fabricação, desde a sua fundição, transformação mecânica até o tratamento térmico final, como também sob o ponto de vista de aplicação. Isso é perfeitamente compreensível quando se considerar os requisitos que eles devem preencher e os tipos e condições de serviços a que se destinam.

« Voltar