Atenção

Fechar

Biblioteca

Aços & Ligas | Aços e Ferros Fundidos | Ferros Fundidos Cinzentos

2 - Classificação dos ferros fundidos cinzentos

Segundo a ABTN (303), os ferros fundidos são designados pelas letras FC, indicativas de “ferro fundido cinzento”, seguindo-se dois algarismos representativos do limite mínimo de resistência à tração.

 

A Tabela 162 relaciona esses materiais.

 

 

Tabela 162 – Propriedades mecânicas dos ferros cinzentos , de acordo com a EB-126 da ABTN

 

 

As classes FC-10 e FC-15 correspondem aos ferros fundidos cinzentos comuns, com excelente fundibilidade e melhor usinabilidade. A classe FC-15 é utilizada, entre outras aplicações, em bases de máquinas, carcaças metálicas e aplicações semelhantes.

 

As classes FC-20 e FC-25, também de boas fundibilidade e usinabilidade, apresentam melhor resistência mecânica e se aplicam, principalmente, em elementos estruturais, tais como barramentos, cabeçotes e mesas de máquinas operatrizes.

 

As classes FC-30 e FC-35, com maiores dureza e resistência mecânica, aplicam-se em engrenagens, pequenos virabrequins, bases pesadas de máquinas, colunas de máquinas, buchas e grandes blocos de motor.

 

A classe FC-40 é a classe de uso comercial que possui a maior resistência mecânica, apresentando, para essa finalidade, combinação dos elementos de liga, entre eles, níquel, cromo e molibdênio. Como possui elevada tendência ao coquilhamento, sua utilização é limitada a peças de espessuras médias e grossas.

 

A ASTM agrupa os ferros fundidos cinzentos em sete tipos, de composição química indicada na tabela 163.

 

 

Tabela 163 – Classes de ferro fundido cinzento segundo a ASTM

 

 

 

 

Os números de 20 a 60, das classes ASTM, correspondem aos limites de resistência à tração, em lb/pol etc.; portanto, em medidas métricas, essas classes apresentam, em média, os seguintes valores aproximados para limite de resistência à tração:

 

- classe 20 – 14,0 kgf/mm2 (140 MPa)

 

- classe 25 – 17,5 kgf/mm2 (175 MPa)

 

- classe 30 – 21,0 kgf/mm2 (210 MPa)

 

- classe 35 -  24,5 kgf/mm2 (245 MPa)

 

- classe 40 – 28,9 kgf/mm2 (270 MPa)

 

- classe 50 – 35,0 kgf/mm2 (340 MPa)

 

- classe 60 – 42,0 kgf/mm2 (410 MPa)

 

 

A composição química de cada classe está indicada em faixas amplas, com valores que se sobrepõem: os teores mais altos de carbono e silício correspondem aos menores diâmetros dos corpos de prova, o que significa que, à medida que a espessura das peças aumenta, os teores de carbono e silício decrescem.

 

De acordo com os diâmetros dos corpos de prova, as propriedades mecânicas dessas classes variam de acordo com a Tabela 164.

 

 

Tabela 164 – Propriedades mecânicas dos ferros fundidos cinzentos, segundo a ASTM

 

 

 

 

 (Clique na Tabela para ampliá-la)

 

« Voltar